#5 – Afinal, Bastter.com é uma lavagem cerebral?!

05/06/2020 41 Por Papo TR

Olá meus caros, tudo bom com vocês?

Comigo tudo ótimo. Esses dias eu estava perdido por aí nas internets da vida fuçando algumas coisas que gosto e como sempre acabei caindo no assunto investimentos e quando eu vi, o que eu achei?!


Um discussão bem calorosa entre um seguidor do Bastter (e depois apareceu mais um) e um não seguidor das ideias do médico grosso. A discussão era em torno dos ativos que deveria comprar e do balanceamento da carteira. 

Antes de tudo quero dizer que não tenho nada contra o Bastter nem o site dele ou a comunidade, aprendi um pouco com eles e tive a minha experiência, depois sai de lá pra outros cantos, no final do post deixo mais detalhado minha experiência com eles.

O que eu quero trazer pro centro da discussão do post é:

Qual é a merda na cabeça que esses seguidores mais fiéis tem em achar que os ativos deles e o balanceamento de carteira deles é o melhor do mundo?!

Não vou colocar a discussão aqui porque não é o propósito, mas o não seguidor era educado e tentava explicar os pontos e as ideias dele, o seguidor era grosso (acho que absorveu demais do líder) e nem sequer argumentava a altura, só falava que bastter system é o melhor e que você não “pode isso” ou “não pode aquilo”. 

Vamos a minha opinião: carteira de investimento é algo pessoal, completamente personalizado e mutável. Não existe uma carteira de investimento igual a outra porque cada um de nós somos diferentes, temos emoções, decisões, medos, perfis diferentes, mesmo que você assine uma research e siga a carteira deles a sua ainda vai ser diferente, valores, posições, dia da compra, sem falar do medo que vai ter em comprar algumas empresas e a paixonite que vai criar por outras. 

Vou além, uma carteira de investimento (ou um plano de investimento) é extremamente dinâmico, muda facilmente com o tempo. Me coloco como exemplo, eu comecei em renda fixa, fui pra renda variável com a filosofia bastter como comprar por indicadores, com qualidade e sem dívidas e blablabla, depois fui pra análise mais profunda de ações, depois investimento de curto prazo com milhas, alguns bitcoins, empresas americanas, depois entrei fundo nas ideias do Taleb e agora estou em urânio e assim vai. Já comprei dicas, já assinei research e segui as call e em cada momento desse eu tinha uma cabeça pro momento, achando que ia seguir aquilo forever.

Talvez um exemplo comigo seja um pouco forte demais, pois tenho pouca aversão ao risco e sou muito ativo com investimentos. Vamos a exemplos da comunidade. Um muito famoso, o Sr. IF360, tinha no começo só investimentos em tesouro IPCA+, depois mudou drasticamente para FII da noite pro dia, pensou um pouco e comprou ações de dividendos e criptomoedas também. Passou mais um tempo e está investindo em dólar para futuras aquisições (veja a mudança ao longo do tempo).

Outro exemplo, nossa querida Independência Financeira ou Morte,  que desde sempre só tinha renda fixa, CDBs, LCIs e outros, de uns tempo pra cá veio avaliando se entrava em renda variável ou não e, depois de se decidir, foi entrando aos poucos. 

Muitos aqui da finasfera já mudaram, já zeraram a carteira pra comprar um imóvel imperdível, já mudaram pra lá e pra cá. Claro, não significa que todos mudam, temos vários exemplos de pessoas com a sua estratégia definida e segue a risca por muito tempo.

O ponto que eu quero chegar é que NÃO EXISTE essa do Bastter’s que investir é assim e ponto. Compre essa, essa e aquela e coloque aqui no meu sistema que é a melhor decisão. Existem milhares de forma de balancear uma carteira e a Bastter System não é a melhor pra todos, existem diversos ativos por aí e a seleção do Bastter.com não é a melhor pra todos, cada pessoa investe do seu jeito e nós não temos direito de fazer críticas destrutivas e pesadas só pq a pessoa compra ações da Oi, ou ações com altíssimo P/L, ou porque ela não compra ações ou não investe no Brasil/EUA, podemos sim concordar e discordar, expor nossa opinião sem ofensas, porém, sem invadir o espaço pessoal do outro.

Não sei qual é a lavagem cerebral que esse povo recebe, os mais extremistas parecem um monte de zumbi correndo atrás de um cachorro braco ignorante.  Será que é algum pacto que eu não percebi quando era da comunidade? Vai saber …

O post termina por aqui, mas quem quiser saber a minha opinião sobre o Bastter aí vai:

Foi um dos primeiros sites de investimento que visitei, assinei, li os livros, gostei sim e conheci pessoas lá que sigo até hoje, como o Fabinho do Canal do Holder e o Miller. A filosofia do Bastter de trabalhar pra enriquecer, que devemos focar nos nossos empregos e que bolsa não vai deixar ninguém rico eu concordo muitíssimo, o que eu não concordo agora (na época eu achava sentido) é a análise de empresas por indicadores sem olhar bem o negócio e sem olhar as perspectivas futuras, olhando basicamente pro passado. Os motivos que fizeram eu sair do Bastter foram:

1. A comunidade tóxica e alienada (respostas grosseiras e “voadoras” gratuitas) e;
2. A falta de resposta com embasamento, com conhecimento técnico e profundo, que era o que sempre procurei para me embasar e lá era mais no “acredita e pronto”. 

Sou grato pelo direcionamento inicial que a comunidade Bastter me deu e pelos conhecimentos adquiridos, mas atualmente eu passo longe =).

TR