#37 – Fechamento Trimestral – Janeiro/Fevereiro/Março de 2021

01/04/2021 8 Por TR

Fala meu povo, tudo bom?

Segue mais um fechamento trimestral só pra deixar registrado aqui a evolução e alguns números.

De novo, mais 3 meses tranquilos de investimentos e crescimento patrimonial. Meses sem muito giro de patrimônio, basicamente só comprei algumas ações que deram oportunidade pra completar o percentual estimado (AERI3, SQIA3, AMBP3 e PETZ3), consegui comprar um pouco de BTC também nessas “quedas” e assim seguimos.

Janeiro

Rentabilidade da carteira: 1,8%
Renda de opções: 1,2% do patrimônio com liquidez em opções
Renda passiva: R$ 1.008,99

Fevereiro

Rentabilidade da carteira: 1,7%
Renda de opções: 1,6% do patrimônio com liquidez em opções
Renda passiva: R$ 0,00

Março

Rentabilidade da carteira: 2,0%
Renda de opções: 0,6% do patrimônio com liquidez em opções
Renda passiva: R$ 1281,05

Aprendizado e erros desse trimestre: continuo consolidando a estratégia de renda com opções, o objetivo é chegar até o final do ano com ela consolidada e todos os critérios definidos. Nessa linha só tive mais aprendizados sobre o mercado em si, mas nada de especial.

Patrimônio subindo conforme esperado, opções rendendo bem, fui exercícios em apenas duas opções e ambas eram PUTs, então só segui a estratégia e comprei ativos mais baratos por essa estratégia. Sigo cagando pra notícias e influenciadores e nesse mês agora acabei de ler Crash: Uma história da economia, que já recomendei por aqui e devo fazer um post específico dele. Dos 6 livros que li esse ano , apenas um foi de finanças, então estamos indo bem na meta de desacelerar em finanças.

Apesar de ter comprado algumas ações nesses 3 meses, quase todo o aporte que estou fazendo junto com os dividendos e a renda das opções estão indo pra encorpar a reserva de oportunidade, eu já venho aí numa escalada de 5 meses de subidas sequenciais da carteira (9,4% em novembro e 5,6% em dezembro) e isso me aponta pra não ficar tão empolgado porque o mercado é feito de subidas e decidas, e se subiu bem todo esse tempo é porque alguns meses de descida estão faltando rsrs, então mantenho firme engordando a reserva de oportunidade (que está um pouco magra mesmo, apenas 11,2% do patrimônio).

A partir de abril vou começar a montar a reserva de viagem, um colchão do qual vou fazer retiradas pra conseguir começar meus planos de viagem no final do ano. Outro ponto a se destacar é que minha renda passiva + renda de opções foram maiores do que meus custos pra viver, sinalizando (por enquanto) um belo de um sinal verde pra continuar.

Mais uma vez o patrimônio atual está se distanciando do patrimônio projetado (meta de 1% ao mês), ficando um pouco parecido com o final de 2019 e começo de 2020, antes da crise do COVID (só olhar a queda na linha azul em março de 2020). E é isso, post simples, sem enrolação, apenas pra registrar números e movimentações.

TR